Cadê todo mundo???

Olá pessoas!

Faz muito, muito, MUITO tempo que não escrevo aqui.

Vamos às desculpas esfarrapadas:

Primeiramente, terminei minhas disciplinas do mestrado e talz, então estou me concentrando (digo, tentando, ahahaha) nas questões relacionadas à “marvada” da dissertação. Como tenho lido mais sobre cigarrinhas e métodos filogenéticos do que qualquer coisa, acredito que vocês não estejam interessados nisso.

Não é o animal mais bonito que tu já viu? (Ok, não é neotropical, paciência...)
Não é o animal mais bonito que tu já viu? (Ok, não é neotropical, paciência…)

Como vocês também devem ter percebido, há algumas boas semanas a Mahanarva Girl não tem postado nada por aqui. Mas aonde ela anda?

Cadê?? Aonde??

Calma. Ela não foi abduzida por alienígenas nem está conspirando com Pink e Cérebro planos de dominação mundial (eu espero). Para quem não sabe, a Mahanarva Girl é uma intrépida doutoranda em entomologia (estudo dos insetos) que entre alguns intervalos do desenvolvimento de sua tese viaja por esse Brasil baguncil para coletar insetos (também conhecidos, segundo o Ju Galak’s Handbook of Entomology, como “bissos”).

Eis que dessa vez a dona Mahanarva está onde 9,5 entre 10 biólogos gostariam de visitar pelo menos um dia em suas vidas:

AMAZÔNIA.

WHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW
WHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW

Sim, Mahanarva Girl foi até Manaus para de lá para o interior do estado do Amazonas para procurar os insetos mais interessantes e peculiares de lá.

Tá, mas o que tem lá?

A floresta amazônica. Precisa mais?

Tá, e eu com isso?

Vocês eu não sei, mas realizar esse tipo de viagem acarreta em uma série de experiências paralelas bem interessantes. Até agora a dona Mahanarva relatou-me que segurou uma preguiça no colo, fez carinho em filhotes de peixe-boi e nadou como botos. Eu acho isso deveras legal.

Outra coisa legal é que estar em lugares diferentes assim implica em conhecer pessoas diferentes, das mais variadas origens.

E também há um lugar muito bacanudo por lá, chamado Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, a.k.a. INPA. Então, no INPA fazem diversas pesquisas relacionadas à biodiversidade amazônica, inclusive na área de entomologia, o nosso amado estudo dos insetos. Quer saber mais? Vai aí ó http://www.inpa.gov.br/.

E a Mahanarva foi lá conhecer e ver qualé que é. E foi até o museu da instituição para procurar cigarrinhas. E achou. E achou as cigarrinhas da minha dissertação também e eu fiquei muito feliz com isso (hauhauhauhauhauha).

Ó o INPA aí.
Ó o INPA aí.

Tá, e a Mahanarva Girl vai trazer bichos bacanas de lá?

Não sei, povo amigo. A última vez que falei com a nossa amiga (há uns 15 dias) ela relatou que estava uma b*&%@ para coletar pois as árvores são de porte muito grande, e os insetos bonitões ficam distantes do solo e da nossa diminuta existência. Então, a menos que tu sejas amigo de um Ent, as coisas podem complicar para o teu lado.

Bom, eu sei que essas informações não são tããããããããoooo nerds assim (quer dizer, são obviamente “nerd biológicas”) mas gostaria de dividir com vocês o que a gente faz quando não está lendo HQ nem jogando videogame. E como a Mahanarva Girl vai ficar até final de setembro no mato, vocês vão ter me agüentar mais um pouquinho sem textos dela. Mas prometo que, como tenho lido coisas legais, logo sai post novo.

Abraço a todos!

Ju Galak

Anúncios

Um comentário sobre “Cadê todo mundo???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s