Codename Sailor V – O Mangá

Depois de realizar um sonho de infância e conseguir comprar e ler todo o mangá da Sailor Moon em português, sou positivamente surpreendida com o lançamento do mangá da Sailor V em português, pela editora JBC. A verdade é que o volume 1 foi lançado em julho e o volume 2 em outubro desse ano (sim, são só dois volumes). Mas como eu só tive a oportunidade de fuçar em livrarias agora, fiquei sabendo meio atrasada. Inclusive o volume 1 tinha sumido do mapa e tive que encomendar (A nerd das encomendas em livrarias 😛 ).

capa_codename_sailor_v_01_gcapa_codename_sailor_v_02_g

Para quem é fã de Sailor Moon isso não é muita novidade, mas vale lembrar que a primeira guerreira Sailor a aparecer e lutar contra os bandidos do mal nessa vida não foi a Usagi Tsukino (Sailor Moon), mas a Sailor Venus. A série “Codename Sailor V”, de autoria da Naoko Takeuchi, começou a ser publicada em 1991. Com o sucesso, Pretty Soldier Sailor Moon começou a ser publicada em 1992, originando também o anime de mesmo nome, e ambas histórias foram publicadas simultaneamente por um período (embora Sailor V seja bem menor). Tanto é que no mangá da Sailor Moon, a Sailor Venus vai aparecer lá pelo capítulo 8, no segundo volume do mangá. Ou seja, quando Sailor Moon, Mercury, Mars e Jupiter estavam começando, a V já estava dando na cara dos inimigos há horas.

Bom, a questão é que para quem começou assistindo o anime só tínhamos pistas de como era a Sailor V pelo jogo de videogame do fliperama, ahahah. Agora com o mangá na mão finalmente temos a oportunidade de saber como era dona MInako sozinha em início de carreira.

Atenção: a partir deste ponto o texto pode conter spoilers
O Ministério dos Timelords psicopatas adverte: a partir deste ponto o texto pode conter spoilers.

E ela não era muito diferente da Usagi não. Na verdade dá a impressão que a Naoko para o mangá novo criou uma protagonista fotocópia da protagonista anterior. Mas não, não vou ser tão malvada assim. Minako e Usagi tem suas diferenças.

Minako e Artemis: vivem discutindo mas são inseparáveis.
Minako e Artemis: vivem discutindo mas são inseparáveis.

Minako é uma estudante do primeiro ginasial, boa em esportes, preguiçosa nos estudos, vive chegando atrasada (lembra alguém?). Aí um belo dia ela encontra um gato falante que diz que a eleita para ser uma heroína sailor (lembra alguma situação?). Pois é… Felizmente Minako não é chorona como a Usagi, é mais confiante e de bem com a vida, além de se apaixonar com a facilidade e velocidade com que se desapaixona, para desespero e piadinhas do gato Artemis.

Durante os dois volumes da série dá para contar umas 4 ou 5 (ou 6 perdi, a conta :P) paixonites agudas, o que rende boas risadas. Ela também se revela uma grande tiete, o que faz com que boa parte do tempo ela esteja vulnerável à ataques da Agência Sombria, os antagonistas de sua série solo. A agência sombria abusa de apresentações de cantoras e boy bands para sugar énergie do povo inocente. Além disso, Minako se revela uma jogadora inveterada de fliperamas (eu diria muito mais que a Usagi) e cantora de videokê. Como no mangá da Sailor Moon, a Minako parece sempre a mais experiente e sensata, é legal ver esse lado malucão dela (embora a parte da tietagem tenha sido abordada junto com as outras sailors).

Onde será que eu os vi antes...?
Amano, Hikaru e Natsuna: Onde será que eu os vi antes…?

Dos personagens que aparecem no mangá temos alguns velhos conhecidos, como o Motoki Furuhata (também conhecido como gurizinho bonitinho que trabalha no fliperama). Outros são cópia na cara dura mesmo, como o Gurikazu Amano, que é colega de classe da Minako e é fisicamente IGUAL ao Gurio Umino, colega de classe da Usagi. Hikaru, a melhor amiga de Minako, é a cara da Sailor Mercury, assim como a superintendente geral da polícia, Natsuna Sakurada, é “as fuças” da Sailor Mars.

Aliás, Natsuna Sakurada e o oficial Toshio Wakagi foram os personagens que mais me fizeram rir em todo o mangá. Natsuna é uma fangirl alucinada da Sailor V e Wakagi simplesmente odeia a sailor e sua interferência no trabalho da polícia. Como se não bastasse, Natsuna se torna amiga de Minako (ambas são tietes) e descobre a identidade real da Sailor V. A partir de então vive a convidando para trabalhar na polícia com ela.

Outra suposta “cópia” que aparece é o ladrão mascarado Ace (mascarado, quem será que eu vi assim antes…?). Ace faz diversas aparições ao longo das aventuras da Sailor V e no final…bom, quando vocês lerem vão descobrir 😛

Codename Sailor V encerra como uma excelente introdução para o universo de Sailor Moon, preparando Minako para suas futuras responsabilidades e encontro com suas amigas sailors.

Espero que tenham gostado 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Codename Sailor V – O Mangá

  1. Eu tive que parar minha coleção =( não to conseguindo comprar nem sorvete mais depois das mudanças da vida e vou verder Sailor V =( pode chorar??? Mas parece bom o mangá! =D

  2. =( pode chorar sim. Meus Samurai X e YuYu Hakusho estão nessa mesma situação. E o mangá é bão mesmo, tia Naoko manda bem 😉

  3. Ahhh, tô mega chateada que ainda não consegui terminar os mangas de SM, mas vou aproveitar o final do ano para terminar a coleção e pegar mais esses 2. Porque né: a gente sempre precisa de mais alguns!

    Eu já li na época dos scans, e o mangá são bem similares mesmo, tanto é que a Naoki parou ele e lançou destrambelhada da Usagi!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s